sábado, 8 de agosto de 2015

Terapia Miofuncional Orofacial em crianças respiradoras orais

A função respiratória deve ocorrer por via nasal. O nariz é especializado em realizar três funções importantes: humidificação, aquecimento e proteção das vias aéreas superiores.

Quando há algum impedimento para que a respiração nasal se possa realizar, surge a respiração oral.

A respiração de modo nasal possibilita o crescimento e desenvolvimento facial de maneira adequada, por meio da ação correta da musculatura. A respiração oral influencia negativamente o crescimento e o desenvolvimento do esqueleto craniofacial.

A terapia miofuncional orofacial é considerada um método de tratamento que pode aumentar a força muscular, podendo devolver a estabilidade morfo-funcional às estruturas orofaciais. A terapia pode provocar mudanças nos padrões funcionais, e assim prevenir desvios no desenvolvimento orofacial, pois promove nova postura de estruturas em repouso e durante a realização das funções do sistema estomatognático.

Sabe-se que as causas mais frequentes da respiração oral são obstruções nasais e/ou faríngeas. A flacidez dos músculos faciais e mastigatórios também pode levar a boca a se abrir, podendo causar uma respiração oral funcional, neste caso sem qualquer obstrução.

Os indivíduos respiradores orais podem apresentar vários sintomas característicos de quadro chamado de Síndrome do Respirador Oral, como:
  • alterações craniofaciais
  • alterações dentárias
  • alteração dos órgãos fonoarticulatórios



Verifica-se que quando o tratamento em Terapia da Fala se realiza juntamente com a reabilitação ortodôntica, as evoluções são mais satisfatórias.

A terapia possibilita a instalação da respiração nasal através do fortalecimento da musculatura dos órgãos fonoaticulatórios e da eliminação do hábito de sucção, quando este está presente. A terapia miofuncional também pode melhorar a morfologia e as funções dos músculos em pacientes respiradores orais sem obstrução nasal.

Sintomas como baba noturna, ronco e alergia estão diretamente relacionadas ao tipo respiratório, prevalecendo na sua maioria no grupo dos respiradores orais, apesar de ser possível também encontrá-los nos respiradores nasais.

O impacto da asma, rinite alérgica e respiração oral afetam diretamente a qualidade de vida do indivíduo não só pela alteração respiratória, mas também, pelos prejuízos comportamentais, funcionais e físicos que ocasionam.


Revista CEFAC, v11, supl 305-310, 2009
Júlia Gallo / Alcione Ramos Campiotto

Boas Terapias
Diana Moreira

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Sintomas mais comuns de Alterações de Linguagem na criança de Idade Escolar

Semântica

  • Défice de evocação
  • Uso de circunlóquios
  • Uso e abuso de vocabulário limitado
  • Dificuldade em evocar nomes de itens de categorias
  • Dificuldade em evocar opostos
  • Vocabulário reduzido
  • Uso não apropriado de palavras 
  • Uso de palavras vazias
  • Dificuldade em definir palavras
  • Compreensão diminuída de palavras complexas
  • Dificuldade de compreensão de segundos sentidos

Sintaxe e Morfologia
  • Uso de frases agramaticais
  • Uso de frases simples em fez de complexas
  • Compreensão fraca de frases complexas
  • Pausas prolongadas ao construir frases complexas
  • Uso de pausas preenchidas com interjeições
  • Uso de expressões fixas que não exigem grandes capacidades linguísticas
  • Uso de palavras desnecessárias no início de cada frases (portanto, prontos...)

Pragmática
  • Uso de expressões redundantes e informação que o ouvinte já ouviu
  • Uso de vocabulário não específico (coisa, coiso, isto...) Levanto o ouvinte a ter dificuldades em saber ao que se refere
  • Dificuldade em dar explicações claras ao ouvinte (falta de detalhe, pressuposições erradas)
  • Dificuldade em explicar eventos numa sequência
  • Pouco controle na conversação em termos de introdução, manutenção e mudança de tópico
  • Uso insuficiente de pedidos de clarificação (não percebo...)
  • Dificuldade na mudança de estilo conversacional nos contextos diferentes
  • Dificuldade na compreensão de ideia principal de uma história ou lição (preocupa-se com detalhes)
  • Dificuldade em fazer inferências do material que não é explicitamente afirmado (a Maria foi lá fora, teve de levar o guarda-da-chuva = estava a chover)

Fonologia
  • Alterações Fonológicas 
  • Discriminação Auditiva
  • Consciência Fonológica
  • Dificuldades na aprendizagem da leitura e escrita

Dianosis and evaluation in speech pathology
Haynes / Pindzola / Emerrill


Boas Terapias
Diana Moreira


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Discriminar Oclusivas (orais)

Caros colegas,

Andamos um pouco afastados das novidades, mas esta altura do ano é muito complicada, com muito cansaço acumulado e muito trabalho ainda para fazer!

Finalizado está mais um material, Discriminar Oclusivas (orais) que se focam nos fonemas /k/ - /g/ - /p/ - /b/ - /t/ e /d/.

Muitas vezes os nossos meninos têm estas dificuldades em conseguir discriminar e produzir corretamente os sons, e se estas dificuldades não forem suprimidas, podem influenciar negativamente o desempenho escolar pois pode não haver a correta associação fonema-grafema.

Este manual com atividades semelhantes ao material "Discriminar Fricativas" conta com 12 imagens para cada fonema alvo em posição inicial de palavras e mais 12 imagens com o fonema alvo em posição medial de palavras. Além disto, no início, existem uns pequenos cartões que associam o fonema a um som ambiente para ser mais fácil para as crianças associarem a algo concreto, acrescentando que cada cartão tem as características desse som.

No final do manual existem alguns exercícios para serem feitos. Cada um deles foca um par de fonemas, variando apenas o seu traço de vozeamento. Para tal há 5 exercícios para a discriminação dos fonemas /p/-/t/, /k/-/g/  e  /d/ - /t/..

















Boas Terapias
Diana Moreira

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Quando for grande quero ser...

Um jogo divertido sobre as profissões. Aqui podemos explorar o vocabulário e associar as melhores ferramentas que cada profissional usa no seu dia a dia.

Algumas profissões são do nosso quotidiano, outras ouve-se falar na televisão e nos filmes e ainda outras para as crianças descobrirem que há tanto por onde explorar.

O material pode ser adaptado a várias atividades, contém 30 profissões e cada uma delas tem 2 imagens para associar. No final tem um jogo da glória com as profissões e uma perguntas para as crianças responderem tendo em conta tudo o que é relacionado com este tema. Ganham um bolinha colorida por cada resposta certa, ganhando quem chegar ao final com mais bolinhas coloridas.









Boas Terapias
Diana Moreira

quinta-feira, 16 de abril de 2015

A minha voz


Hábitos vocais inadequados promovem o mau uso da voz e estão relacionados com a fala em situações de ruído ambiental, rir ou chorar excessivamente, tossir, pigarrear constantemente, imitar vozes ou ruídos de personagens extraterrestres, heróis de televisão, monstros… Estes hábitos atingem diretamente a laringe da criança podendo provocar um quadro de disfonia, com o aparecimento de nódulo, pólipos, edemas ou outras alterações orgânicas nas pregas vocais.
Torna-se muito importante a deteção de alterações vocais infantis que já é tida como uma das problemáticas comuns em crianças que pode ter reflexos no desenvolvimento na vida adulta. Assim, sempre que surgir rouquidão por um longo período de tempo ou acontecer diversas vezes num curto espaço deve recorrer a uma consulta de otorrinolaringologia ou a terapia da fala para que possa ser devidamente acompanhado e encaminhado.

Deixamos um manual para treino vocal com os mais pequeninos!














Boas Terapias
Diana Moreira

sexta-feira, 10 de abril de 2015

As emoções e as crianças

Muitas vezes as crianças têm alguma dificuldade em demonstrarem o que sentem ou em perceber o que os outros sentem.

Esta atividade, maioritariamente usada por colegas psicólogos, visa ajudar as crianças a entender qual é a diferença entre cada um dos sentimentos, podendo dar exemplos de cada um deles.




Seguem alguns artigos sobre o tema:

1) O lúdico e as suas implicações nas estratégias de regulação das emoções em crianças hospitalizadas: http://www.scielo.br/pdf/prc/v16n1/16794.pdf

2) A compreensão causal das emoções em crianças de idade escolar: http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/4419/1/ulfpie039551_tm.pdf

3) O teste do conhecimento das emoções para crianças em idade pré-escolar: http://www.aidep.org/03_ridep/R34/ART%2010.pdf

4) O conhecimento emocional e o desenvolvimento sócio-emocional em crianças em idade pré-escolar: http://repositorio.ispa.pt/bitstream/10400.12/2207/1/TES%20MACH1.pdf

5) Filme para trabalhar as emoções: https://www.youtube.com/watch?v=gyUVBLpF-og


Boas Terapias
DianaMoreira

Fonema /g/

Algumas sugestões de ideias para exercícios com o fonema /g/ que muitas vezes é trocado por /d/ ou por /R/.









Boas Terapias
Diana Moreira

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Rolos de frases

Olá colegas...

Como sabem é preciso inovar e cativar as nossas crianças... Elas facilmente querem trocar de atividade e, por isso, temos de as conseguir focar no que estamos a desenvolver o máximo de tempo possível.

Como tal, através de uma ideia publicada num site (não me lembro qual) construí estes rolos de frases...
É possível intervir em imensas coisas: treino articulatório, construção frásica, uso correto dos constituintes morfossintáticos, vocabulário...

Basta adaptar as palavras ao que queremos...

Aqui fica uns exemplos e algumas frases para alguns sons...








Boas Terapias
Diana Moreira

alta.mente.vc@gmail.com

quinta-feira, 26 de março de 2015

mãe-me-quer

Hoje deixo-vos a informação de um portal magnífico sobre bebés, mães, dúvidas, esclarecimentos e tantas outras coisas que pode encontrar sobre as crianças...


http://www.maemequer.pt/

"O portal Mãe-Me-Quer nasceu do sonho de criar um espaço onde, pais, futuros pais e toda a família, encontrem uma rede de apoio e informação credível sobre a conceção e o desenvolvimento infantil.
O nosso desejo é que encontre informação útil e sugestões que contribuam para que viva em pleno as várias etapas da sua vida em família.
Este é um projeto ambicioso, que acreditamos só conseguir cumprir plenamente com a sua ajuda e participação.
Fale connosco e envie-nos os seus comentários, dúvidas e sugestões. Diga-nos sobre que assuntos gostaria de ler. Só assim poderemos melhorar e inovar continuamente o Mãe-Me-Quer e ir ao encontro das suas necessidades e expetativas.
Em breve, teremos novos serviços, aplicações, passatempos e uma plataforma de solidariedade. Em conjunto, vamos contribuir para uma vida melhor.
A nossa missão é percorrer o caminho de mãos dadas consigo e com a sua família, em parceria e com grande criatividade."


Para este site já escrevi alguns artigos:

1) Ultrapassar as dificuldades alimentares do recém-nascido
http://www.maemequer.pt/a-vida-com-o-seu-bebe/saude-e-seguranca/cuidados-de-saude/ultrapassar-dificuldades-alimentares-do-recem-nascido

2) Respiração Oral e as suas consequências
http://www.maemequer.pt/desenvolvimento-infantil/saude-infantil/cuidados-e-bem-estar/respiracao-oral-consequencias

3) A audição e o seu papel no desenvolvimento da linguagem
http://www.maemequer.pt/desenvolvimento-infantil/saude-infantil/cuidados-e-bem-estar/a-audicao-e-o-seu-papel-no-desenvolvimento-da-linguagem

4) Disfonia Infantil
http://www.maemequer.pt/desenvolvimento-infantil/saude-infantil/dicionario-da-saude-do-bebe/disfonia-nas-criancas

5) Consequências do uso da chupeta e do sugar nos dedos
http://maemequer.pt/desenvolvimento-infantil/saude-infantil/cuidados-e-bem-estar/consequencias-do-uso-excessivo-da-chupeta-e-do-sugar-nos-dedos


Boas Leitura 
Boas Terapias

Diana Moreira

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Vamos às compras?

Esta atividade é focada na área vocabular dos alimentos e na associação quantidade número.

São possíveis várias atividades extra àquelas que são descritas.

Uma forma prática e divertida de ajudar as crianças a aprendizagens de algum vocabulário do dia-a-dia, assim como ajudar na consolidação escolar dos números e da associação número/quantidade.

Além do mais, exercita a compreensão de ordens simples e a escrita dos números.










Boas Terapias
Diana  Moreira



Vamos aprender o som /k/

Este material ainda está apenas disponível na versão dos jogos. Como é um som que maioritariamente aparece omisso ou substituído em crianças do pré-escolar, não se dará ênfase a atividades de leitura e escrita como acontece nos restantes materiais.
       
Este volume será constituído por:
· Jogos, Manual de exercícios, Ficheiro interativo


Até os restantes estarem terminados, já estão disponíveis os jogos para que possam de imediato intervir com as crianças que normalmente trocam este som por /t/.

Jogo do Galo - versão papel e caixinha de madeira

Tubo mágico - construção de frases

Jogo do Loto e de memória

Dominó especial sílabas

Qual fica bem a seguir? - Sequenciação
Caça ao Ovo - cada cor corresponde a uma atividade sempre focada no som /k/





Boas Terapias
Diana Moreira

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Dificuldades de Fala - Fonético ou Fonológico???

As crianças com dificuldades na produção verbal podem apresentar dificuldades na fala ou ao nível da linguagem. Em ambos os casos as crianças apresentam alterações na forma como produzem os sons da fala.

Complementando a avaliação que se faz, tem de se ter em conta três aspetos:
1) Se ouve bem
2) Se tem atraso ou perturbação de linguagem associada
3) Se apresenta alguma alteração nos órgãos da fala

Depois da avaliação e verificando que a criança não tem a aquisição normal para a sua faixa etária, podemos ter vários diagnósticos:
- Perturbação Fonética (fala)
- Perturbação Fonológica (linguagem)
- Ambas

Perturbações Fonéticas

Devem-se a fatores orgânicos ou funcionais, existindo uma alteração nos órgãos da fala, fazendo com que a criança não consiga realizar o movimento correto para a produção de determinado som. A criança pode ter dificuldades na força, no tónus e em executar certos movimentos na boca. Também a mastigação, respiração e deglutição podem estar alteradas. Neste tipo de perturbação , o erro aparece em todas as posições da palavra e é consistente, ocorrendo em todas as palavras que tenham os sons alvo.

Perturbações Fonológicas

As crianças têm dificuldade em tomar consciência  dos sons da sua língua e em perceber como estes estão organizados para formarem uma sílaba ou palavras com significado. O erro pode ser consistente ou inconsistente e aparecer no início, no meio ou no fim da palavra. estas perturbações terão um impacto maior na vida da criança e trarão mais consequências ao nível das futuras aprendizagens, nomeadamente da leitura e da escrita.

Quando a criança tem dificuldade em produzir ou realizar os sons da fala, do ponto de vista físico ou motor (fonética) e em consciencializar os fonemas da sua língua (fonologia), as duas perturbações podem coexistir e estarmos perante uma perturbação fonética e uma fonológica.

Como ajudar?
Nas perturbações fonéticas fazem-se jogos para ensinar como e onde se produz cada som e nas perturbações fonológicas ajuda-se a perceber quais as sílabas, palavras ou frases em que ocorre aquele fonema e em que parte da palavra é que o conseguimos ouvir!

In: "O Gato comeu-te a língua?"
Joana Rombert

Boas Terapias
Diana Moreira